sábado, março 24, 2007

A bela e o senão - Quadros Canyon XC

Penso que o blog serve também para expormos as dúvidas e eventuais problemas.

A questão é sobre os riscos associados e cobertura de riscos, do quadro, exclusivamente.

Vejamos...
Rigidez Estrutural, sim tem, e sempre foi muito admirada por todos, retratada imensas vezes no pormenor dos reforços e das soldaduras.
Mas fragilidade no caso de queda, está lá acho que patente, pronta a causar potenciais graves problemas, pois os tubos nas zonas centrais são muito finos - o som que emitem com um trinitar de unhas sobre eles revela exactamente isso, parece-me que a Canyon com uma queda azarada pode ficar em pior estado que umas arranhadelas na pintura.

É o senão da leveza, não é? OK mas então há aqui questões prementes:

Ora pergunto-me se um dia cair, mesmo uma simples queda típica de pedais de encaixe, e tiver o azar de acontecer numa zona empedrada e o quadro atingir alguma delas, e ficar com alguma mossa significativa, em que situação fico?

- Para começar acho que toda a gente concorda que este tipo de queda faz parte dos riscos associados à utilização XC
- A bicicleta supostamente comporta riscos gerais associados ao XC.
- Mas eu não sei exactamente o que esperar da garantia numa eventual situação como esta.
- Não sei se esse tipo de danos é reparável, e se é, não sei quem comportaria os custos.
- Na prática, da Canyon desconheço o que me pode acontecer quando tiver um azar em relação ao quadro, decorrente de uma pequena queda num passeio ou maratona de XC.


Re-editado: Reduzi a mensagem anterior ao essencial. Tive uma resposta via email. Vou concluir pois já sei com o que contar. As zonas centrais dos tubos são efectivamente finas como em muitas outras bicicletas em que existe uma preocupação de manter o quadro leve. É a tendência. No alumínio é assim que se poupam umas centenas de gramas que o mercado cada vez mais exige. Mas é a primeira bicicleta que tenho que é assim - assusta-me aquele som de casquinha, apesar de musicalmente ser muito agradável. É verdade que pequenas amolgadelas só fazem mossa no nosso orgulho. Em qualquer caso amolgadelas só se resolvem comprando quadro novo - sendo provável a Canyon solidarizar-se e simpaticamente conceder um desconto. Memorizado. É melhor manter-me sobre as duas rodas mesmo pela minha saúde.
Fico é ainda sem saber se as ES também são assim, mas considerando que pesam em média mais 1 quilo talvez já tenham tubos mais uniformes na grossura.

Bom, até mais. Chega de mensagens chatas minhas.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home