quarta-feira, agosto 08, 2007

Uma XC-6 nos Caminhos de Santiago

No dia 20 de Julho às 8h00 da manhã, 21 ciclistas corajosos do CCM (Clube de Cicloturismo de Monção), puseram-se a caminho em direcção à Santiago de Compostela, entre BH's, Cannondale's, Mondraker's, Merida, Trek, estava uma Canyon XC-6...

Partimos de Monção até alcançar a localidade galega de Porriño, onde iriamos "entrar" oficialmente no Caminho Português que nos levaria a Santiago de Compostela.
Sem querer alongar muito, devo referir que o caminho é muito interessante, com passagens por vários monumentos românicos, trilhos idílicos junto a ribeiros e carvalhos, e alguns trilhos mais duros, onde temos de levar as bicis à mão...

A XC-6 portou-se lindamente, sem qualquer problema, nem sequer furos, em cerca de 240 Km (ida e volta).
No início tive de procurar uma plataforma que se adaptasse a uma dupla suspensão, mas depois de fazer algumas pesquisas encontrei na SportZone uma que tinha uma boa relação peso/qualidade e que serviu na perfeição para os objectivos. Uma das regras essenciais numa viagem deste tipo é repartir tanto quanto possível os pesos ao longo da bicicleta. Tivemo um colega, que tinha pesados sacos nas alforges do pneu traseiro, que tinha dificuldade e manter a roda da frente no solo, naquelas subidas mais ingremes... :)

Em conclusão o saldo foi muito positivo, e aconselho qualquer Canyonista a meter-se ao caminho com a sua Canyon!
Agora falta esperar pelo 7 de Setembro para iniciar o Caminho Francês desde Roncesvalles (737 Km) aqui sim vai ser uma prova de fogo, mas seguramente a XC-6 vai estar mais uma vez à altura...

Cumps




















0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home