quarta-feira, setembro 05, 2007

Primeiros Km na XC Pro 7.0

Hoje fui dar a conhecer à bicicleta os terrenos onde ela vai andar nos próximos tempos...

Ainda só fiz 20km mas já deu para experimentar descidas, subidas, zonas mais técnicas (terreno solto, pedra, lavrada), pisos rolantes e estrada.
Deu ainda para experimentar o RP23 nas 4 posições diferentes: aberto, pro-pedal 1, 2 e 3. e também a Talas em 100 120 e 140.


As principais diferenças para a rígida são:

Mais altura ao solo, quando é para subir para cima dela é necessário esticar mais um pouco as pernas porque depois quando nos sentamos ela desce um pouco (pelo SAG);

Mais conforto a pedalar, parece que o terreno foi alisado!!! Muito menos vibração sentida nas pernas.

Posição de condução confortável, mas continua um pouco inclinada para a frente. Com a alteração do curso da frente consegue-se alterar ligeiramente conforme o gosto. Eu pessoalmente, senti-me melhor na posição intermédia 120mm, mas os Km depois dirão qual o melhor compromisso.

Em relação à passagem em zonas mais técnicas a pouca velocidade, ainda não deu para testar em condições por não me sentir completamente à vontade (ainda!!!).

Fox Talas 100-140:

A rolar sinto que a posição mais confortável são os 120mm

Para puxar em zonas planas provavelmente consegue-se mais rendimento com os 100, o que será lógico visto que este quadro é desenhado para os 100mm sendo este modelo de bicicleta uma variante da versão normal que trás uma Fox F100.

A subir senti-me confortável nos 120 e nos 100, nos 140 acho que já é demais (para subir). Mas não fiz muitas subidas.

Ainda não explorei o bloqueio em condições, mas já deu para perceber que o "T" na nomenclatura "RLT", é mais do que apenas uma letra, isto porque passei na gravilha (calhaus) da linha do comboio com a suspensão bloqueada e só me lembrei que ía bloqueada depois de lá passar. Se fosse com a Fox80RL da minha Trek bloqueada, notava logo.

Fox RP23:

Tenho a regulação de pressão (170PSI) para o SAG (12,7mm)que eles sugerem no manual.
Com a minha bomba da Manitou, consegui colocar pressão no RP23.

Aberto - absorve tudo tornando-se extremamente confortável, no entanto como seria de esperar bombeia bastante quando pedalamos com força ou quando passamos em alguma depressão ou vala. Em terreno rolante consegue-se rolar com muito conforto mesmo.

Pro-pedal 1, 2 e 3: Não consegui para já perceber grandes diferenças entre os 3 números, mas também não estive a fazer o mesmo troço de terreno nas diferentes posições, para poder comparar correctamente. Apesar de se tornar mais firme, continua a proporcionar uma pedalada bastante agradável eliminando principalmente a vibração (que é o que me incomoda mais quando quero pedalar) sendo mais perceptível a passagem nos buracos e valas. Isto permite que a passagem numa zona a subir com pedra tipo calçada antiga, se consiga manter uma pedalada constante não afectando o andamento e não provocando abrandamentos a meio da subida!!! (Muito bom para mim, que quebrava bastante nestas ocasiões com a rígida)
A pedalar sentado quase não bombeia e a pedalar em pé fica completamente rijo (foi o que me pareceu, mas em relação ao seu funcionamento vou fazer um filme da suspensão a trabalhar e depois tiro conclusões).

Travões: Ainda estão a acamar, como é óbvio ainda não travam bem.

Mudanças: Trás Sram Xo, Frente X9, manípulos X9, nota-se uma precisão impressionante. As mudanças entram mais depressa, agora o tempo entre o accionar do manípulo e a entrada da mudança é bem mais rápido o que requer uma pequena habituação para não estar a exercer força no momento da entrada da mudança (isto é apenas um preciosismo da minha parte, para poupar a transmissão). Ainda me tenho que habituar aos manípulos da Sram, já que o trabalho agora é todo feito pelo polegar.

Rodas/pneus: São as minhas Mavic com Maxxis UST, nada a acrescentar.

E agora umas fotos...





5 Comments:

Blogger xabarin said...

O Modelo XC Pro 7.0 existe?? Estive a ver no site da Canyon e não vi nenhuma referência a esse modelo... Ou então compraste o quadro da XC e adicionaste outros componentes?

Cumps

4:00 da tarde  
Blogger Varadero said...

Foi um "Sondermodel" lançado pela Canyon à um mês atrás. Se procurares no catalogo MTB das promoções vem lá as XC Pro 7.0 8.0 e 9.0 com equipamentos e preços, mas já foram todas vendidas pelo que sei. Só se houver alguma desistência.

4:13 da tarde  
Blogger martini said...

amigo varadero fui um dos compradores de uma xc pro 7.0,e tenho vindo a acompanhar com entusiasmo a tua "reportagem"sobre a chegada da bike,è que eu tou à espera da minha e fiquei surpreedido com o tempo que tiveste à espera ,nâo deixes de reportar ,e gostaria de perguntar-te se sabes o peso da bike de origem? cumprimentos

5:18 da tarde  
Blogger Varadero said...

Ainda não a pesei! Mas já fiz mais 40Km (Nocturnos) e posso dizer que cada vez gosto mais dela...

9:00 da manhã  
Blogger derfred said...

A minha primeira escolha foi uma XC Pro, pelo que vejo tambem nao teria ficado mal servido :) ... Mas acabei por me render a uma RC 8.0 e tambem nao estou nada arrependido ...

Parabens pela bike,que faças muitos e divertidos kmts em cima da dela! :)

cumps,

fred

3:08 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home