terça-feira, maio 05, 2009

ROTA DO ALVARINHO






Momento áureo que se viveu no passado domingo em Melgaço. Foi a consagração de toda uma carreira de José Malhoa, que após controverso engano de distância em Esposende, acabou por se mostrar ao seu mais alto nível. 1º lugar na “Rota do Alvarinho”.

Na chegada ao complexo desportivo de Melgaço assistiu-se a uma estrondosa ONDA nas bancadas.

Vamos ao desenrolar do passeio. José Malhoa partiu desde o inicio com uma pedalada muito forte efectuando a fuga da tirada, mas com o aproximar do alto de Melgaço foi apanhado inicialmente pelo Rui Lavarinhas e por um duo onde eu me inclui-a.

Na ultima subida quase que José Malhoa pagava a fuga que tinha iniciado, elevando as pulsações para além do limite esboçando alguns grunhidos de esforço a cada pedalada e tendo inclusivamente efectuado uma das subidas a pé, rompendo por completo a sola dos sapatos. No entanto a sorte esteve do seu lado os três acompanhantes furaram, tendo eu sido o primeiro.

As nossas bikes estão sob investigação da PJ para verificação de potencial sabotagem… Até porque a minha CANYON RC9 nunca me tinha deixado ficar mal. Desde esse momento José Malhoa controlou o resto do passeio até ao final.

Acontece porém que o colectivo de juízes e após reunião que durou mais de 3 horas, desclassificou o José Malhoa em virtude de ter trocado à força de bicicleta pela do filho do Rui Lavarinhas (ensinada portanto a andar sem pedalar) após quebra da corrente, quando faltava apenas 4 km para o final . Foi também detectado substâncias ilícitas em estado sólido acoplada no local do bidon num controle surpresa.

José Malhoa não se conteve e acabou por efectuar um gesto politicamente incorrecto a um dos comissários que pode custar-lhe a irradiação de todas as categorias velocipédicas bem como a do triciclo e patins em linha…
A destacar no final e após as pazes efectuadas, o convívio salutar à volta do perco no espeto, que se proporcionou com todos os elementos que participaram no passeio bem como as respectivas famílias.

Nota de rodapé: o Albano acompanhou do início ao fim o Sr Cavaleiro, as más-línguas dizem o contrário…

Parabéns a organização.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home