terça-feira, setembro 15, 2009

Stitched Tibor Simai & "Nelito"

Boas sou o Manuel Mendes "Nelito" e sou um dos 2 pilotos que corre para a AGBIKESPORT.

Foi com muita satisfação que recebi o convite para testar a Canyon Stitched Tibor Edition!

Apesar da minha especialidade ser o BMX Race e com o fim das provas que me propus a fazer este ano, aproveitei a oportunidade para agendar mais 2 provas para fazer uma de DH urbano em Viseu e outra de Dual Urbano em Coimbra.

Mas desde logo a AGBIKESPORT de meu luz verde para proceder a um "upgrade" de maneira a ajustar a "maquina" ao meu estilo.

Fizemos o ajuste na posiçao do guiador, substituímos os 2 pneus por uns Kenda 2.10 e ainda ajustamos a Suspensão onde tivemos que lhe retirar pressao a fim de se enquadrar dentro dos meus parametros de peso!! Ainda tivemos que substituir acorrente visto que acho que é o exagero tanto em tamanho como em peso onde colocamos uma leve SRAM.

Ainda nesse dia fui à pista de Bmx onde conheço bem o terreno onde passei uma bela tarde.

O facto de ser singlespeed é uma ponto fundamental para a pista sem correr o risco de saltar a mudança!

Ficou logo bem patente e um facto que me agradou muito que foi a aceleração tambem fruto de uma relação (carreto 14 e prato 28) que se enquadra bem com o meu estilo mais bmx e onde a velocidade de ponta aparece logo.Também a curvar demonstrou-se bastante segura e mesmo nos momentos onde depois da curva lhe damos outro disparo nunca deu sinal da típica direcção nervosa!

Quanto às competições a prova de Viseu era muito agressiva e onde nunca se poderia fazer uma manga limpa com uma rigida mas fiquei com a certeza que nas zonas menos "extrem`s" (patamar de escadas de 5 em 5) pode-se tirar muito partido da resposta de acelaração!

Em Coimbra o percurso era muito ao jeito deste tipo de bike e onde tinha algum pedal e poucas escadas. Diverti-me imenso e como a partida era de gate como no bmx o factor de ser rígida dava logo ali um pequeno avanço.

Antes de isto tudo ainda tive a oportunidade de ir passar uma tarde aos Trailszona de saltos de Castelo branco onde a Canyon Stitched Tibor Edition se mostro como peixe na agua e deixou bem saliente que apesar de todos os terrenos que a mesma passou noa sultimos dias comigo aquele era o que se enquadavra mais e para aquilo que tinha sido concebida.

Para acabar gostava de deixar registado o que mais me agadou e o que acho de menos positivo!

De positivo:
- Os execelentes componentes de top que equipam a bike desde o pedaleiro e espigão do guiador da Profile Racing BMX as rodas Atomlab Pimp ;
-Travões Formula Oro Bianco que apesar de só possuir na traseira fez bem o seu trabalho fazendo esquecer o da frente;
-Excelente posição de condução o que proporciona um conforto e muita segurança de descolar do solo;
-Os pedais Atomlab Aircorp são sem duvidas dos melhores que ja vi.

De negativo:
-O tamanho exagerado da corrente que não se traduz em nada de positivo antes pelo contrário (mais peso e mais desgaste em todo o sistema de transmissão);
-A suspensão da Marzocchi Dirt Jumper 1 Tibor Edition (80 mm) demonstrou pouca eficácia e mesmo com ar a menos para o meu peso não dava de sinais de melhoras onde o trabalho de braços fazia muito do trabalho que estava destinado para a mesma.




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home